Loading posts...
De onde vem o fascínio dos animes com a Irlanda?
Ler

De onde vem o fascínio dos animes com a Irlanda?

Em 2018, o site francês Manga-News perguntou a Nagabe qual era a história por trás do subtítulo de seu maior sucesso, A Menina do Outro Lado: Siúl a Run. Senti que o entrevistador tinha lido minha mente. Eu sabia que Siúl a Rún ( “Ande, meu amor”), é uma mú...
“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #5: o combate – regras avançadas
Ler

“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #5: o combate – regras avançadas

No último diário, eu falei sobre os princípios gerais do combate. Nesse texto, entrarei em maior detalhe em algumas de suas regras específicas: os efeitos de terreno, mobilização e situações especiais de combate. Os efeitos de terreno Como eu expliqu...
“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #4: o combate – regras gerais
Ler

“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #4: o combate – regras gerais

Dizia François Truffault que é impossível fazer um filme anti-guerra. Para o cineasta, o mero ato de retratar a guerra na telona já trivializa – quando não glorifica – o derramamento de sangue. Coisa parecida pode ser dita sobre jogos. Por mais que tent...
“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #3: o mapa
Ler

“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #3: o mapa

Board games não têm esse nome à toa. De todos os seus elementos, seu tabuleiro é talvez o mais importante. Para jogos históricos como Os Triunfos de Tarlac é também um dos mais difíceis de desenvolver. Desde o ínicio, sabíamos que nosso tabuleiro dev...
“Wolfwalkers”: a história irlandesa rebaixada à fórmula Disney
Ler

“Wolfwalkers”: a história irlandesa rebaixada à fórmula Disney

AVISO: Contém SPOILERS para Wolfwalkers O que seria de O Túmulo dos Vagalumes se o bombardeio de Kobe não acontecesse e Seita, Setsuko e sua mãe vivessem feliz para sempre? Ou de Nesse Canto do Mundo  se a bomba nunca caísse em Hiroshima e EUA e Japão fi...
“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #2: a dura tarefa de inventar objetivos
Ler

“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #2: a dura tarefa de inventar objetivos

Esse post é parte de uma série. Para ler os artigos anteriores, clique aqui. Imagem destacada: Cálice de Ardagh, da coleção do Museu Nacional da Irlanda. Este artefato medieval foi a inspiração da taça Sam Maguire, entregue atualmente ao vencedor do ca...
“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #1: a estrutura do turno
Ler

“Os Triunfos de Tarlac” dev diary #1: a estrutura do turno

The Image of Ireland de John Derricke (1581) Em um artigo anterior, eu apresentei a vocês os detalhes de Os Triunfos de Tarlac, jogo que estou desenvolvendo com as equipes do ARISE e do Laboratório de Estudos Medievais. Esse post é o primeiro em uma sé...
“Os Triunfos de Tarlac”: reis gaélicos e desafios ambientais no formato board game.
Ler

“Os Triunfos de Tarlac”: reis gaélicos e desafios ambientais no formato board game.

Aqueles de vocês que acompanham o blog já devem ter percebido que sou historiador de profissão. Vocês também sabem (melhor que ninguém) que não me canso de escrever sobre games. Esse mês, no entanto, trago uma novidade diferente. Uma tentativa de unir e...
“The Butchers”: a mitologia em tempos de epidemia
Ler

“The Butchers”: a mitologia em tempos de epidemia

Conta a mitologia dos sámi, povo nativo da Lapônia, que epidemias eram causadas por um demônio chamado Ruto. Aqueles que o desagradavam eram arrastados a seu inferno pessoal, o reino maléfico de Rotaivo. O alvo da sua fúria? Pessoas que negavam a natureza. ...
“Fadó” e o que os games erram sobre mitologia
Ler

“Fadó” e o que os games erram sobre mitologia

17 de março. Dia de São Patrício. Em circunstâncias normais, essa seria a semana para sair a rua vestido de verde, celebrando o santo matador de serpentes que se tornou símbolo da Irlanda e da cultura de seu povo. Infelizmente, os dias que vivemos estão lon...