Loading posts...
São Patrício e a cultura pop
Ler

São Patrício e a cultura pop

O Dia de São Patrício não é um festival muito popular entre brasileiros. Se você for um fã da cultura irlandesa, porém, já deve ter ouvido desta desculpa para vestir-se de verde e virar alguns pints de Guinness. Realizada no dia 17 de março, a festa...
“Satanie”: o inferno existe (mas não é o que você imagina)
Ler

“Satanie”: o inferno existe (mas não é o que você imagina)

Fabien Vehlmann e Kerascoët (nome artístico do casal Marie Pommepuy e Sébastien Cosset) são uma parceria de peso. Juntos, os três assinaram o macabro Jolies Ténèbres, fantasia sobre os demônios da natureza humana. Combinando uma imaginação cruel com um traç...
Os super-heróis sempre foram politizados?
Ler

Os super-heróis sempre foram politizados?

  Temos que conceder aos quadrinhos. É fácil ser tachado de diversão vazia. Também é fácil ser acusado de panfletagem, provocação barata, veículo de doutrinação política. Mais difícil, e o que os comics americanos vêm fazendo há décadas, é ser criticado...
“Dies Irae”: perguntas valem mais que certezas
Ler

“Dies Irae”: perguntas valem mais que certezas

Se Deus existir, ele terá de implorar pelo meu perdão. A frase está gravada nas paredes de uma cela em Mauthausen, antigo campo de concentração nazista. Quando pensamos nos horrores do Holocausto, é fácil entender o porquê. De fato, não é simples conciliar...
“Saint Alamo”: uma parábola da violência
Ler

“Saint Alamo”: uma parábola da violência

Se me perguntassem há alguns anos o que eu jamais resenharia, quadrinhos de faroeste estariam bem alto na lista. O western, de verdade, nunca me atraiu. Foi preciso a visão de um Kurosawa e o carisma de um Toshiro Mifune para que eu começasse a respeitá-lo no...
“Made in Abyss” e “Aurora nas Sombras”: dois olhares sobre a escuridão
Ler

“Made in Abyss” e “Aurora nas Sombras”: dois olhares sobre a escuridão

(Aviso: contém SPOILERS para Made in Abyss) A temporada de verão acabou, e temos um veredito. Made in Abyss, baseado no mangá de Tsukushi Akihito, se tornou um dos animes mais polêmicos, comentados - e idolatrados - dos últimos tempos. Não é difícil entend...
O Japão de Frank Miller
Ler

O Japão de Frank Miller

Há muito a se elogiar na segunda temporada de Demolidor, da Netflix. As cenas de luta são um espetáculo de coreografia. O tom consegue ser sombrio sem perder o charme. Elektra e o Justiceiro não são apenas excelentes coadjuvantes, mas estão fidelíssimos às s...
De onde vieram os anti-heróis dos quadrinhos?
Ler

De onde vieram os anti-heróis dos quadrinhos?

Entre a nova (e violenta) adaptação de Demolidor, os ecos de Frank Miller em Batman vs. Superman, o status de "lenda cult" de Christopher Nolan e a vinda da Guerra Civil para os cinemas, tudo aponta para a mesma coisa: o anti-herói está na moda. E pretende f...
O jogo da vida
Ler

O jogo da vida

No mundo pós-Gabe Newell em que vivemos, a cultura geek já se comporta como o entretenimento mainstream.  Às vezes, os destaques nos chegam sem que façamos nada (quem sobreviveu à semana passada sem falar dos Vingadores que atire a primeira pedra). Outras veze...