“Game over?” Como os games tornam o fracasso viciante

nier automata fail.png

Tudo o que vive está fadado a terminar.

Com essas palavras começa Nier: Automata, o novo jogo de Yoko Taro que coleciona elogios.

Meio JRPG, meio bullet hell; meio ruminação filosófica, meio tributo metanarrativo, o jogo nos força, a todo momento, a repensar o que sabemos sobre nosso hobby.

Continuar lendo “Game over?” Como os games tornam o fracasso viciante