Loading posts...
Profissionais do Cosplay: Jack Abrão
Ler

Profissionais do Cosplay: Jack Abrão

Nessa coluna, eu trago a vocês depoimentos daqueles que, de uma maneira ou de outra, se transformaram em “profissionais” do cosplay. Para alguns, foi uma atividade paralela, uma forma, muitas vezes, de custear os próprios trajes. Para outros, uma segunda vida ...
‘Pokémon Go’: O bom, o mau e o feio
Ler

‘Pokémon Go’: O bom, o mau e o feio

Goste ou não, não é mais possível ignorar o fenômeno. Pokémon Go se tornou campeão de pesquisas no Google , superou o Tinder em número de instalações e criou um novo gênero de pornografia. Sua popularidade é tão grande que foi criado até um site para acompa...
É possível fazer games sem objetivos?
Ler

É possível fazer games sem objetivos?

Gamers estão desculpados por se sentirem inseguros com No Man’s Sky. O jogo da Hello Games mal foi lançado, mas já se tornou um dos títulos mais esperados, ambiciosos e polêmicos dos últimos tempos. Anunciado como um game de exploração e sobrevivência em um...
Profissionais do Cosplay: Chowitsu
Ler

Profissionais do Cosplay: Chowitsu

Nessa coluna, eu trago a vocês depoimentos daqueles que, de uma maneira ou de outra, se transformaram em “profissionais” do cosplay. Para alguns, foi uma atividade paralela, uma forma, muitas vezes, de custear os próprios trajes. Para outros, uma segunda vida ...
É possível escrever críticas objetivas? (parte 2)
Ler

É possível escrever críticas objetivas? (parte 2)

Todos nós já reclamamos daquele filme excelente que foi malhado pela crítica. Ou daquela obra completamente sem mérito que todos consideram a última bolacha do pacote. Porém, até que ponto é possível dizer que essa ou aquela obra realmente é boa? Onde termi...
É possível escrever críticas objetivas?
Ler

É possível escrever críticas objetivas?

Quem nunca leu (ou se envolveu em) brigas envolvendo essa pergunta que atire a primeira pedra. A nossa capacidade (ou incapacidade) de julgar uma obra é, sem dúvida, uma discussão quase tão antiga quanto a própria arte. "Não dêem atenção aos críticos. Lemb...
Os animes e a juventude: voltar ao passado é mesmo a coisa certa?
Ler

Os animes e a juventude: voltar ao passado é mesmo a coisa certa?

Quando eu estava no ensino médio, um amigo meu de infância cometeu suicídio. Não qualquer amigo, mas um dedo-e-unha, daqueles que já eram “da casa”, sabiam o nome dos meus avós e conheciam cada cartucho na minha biblioteca do N64. Fui comunicado enquanto...
Profissionais do Cosplay: Kayo Corner
Ler

Profissionais do Cosplay: Kayo Corner

No mundo nerd, poucos hobbies são tão icônicos quanto o cosplay. Seja em convenções, flash mobs ou mesmo trailers de games, a arte de mimetizar aparências e interpretar personagens se tornou parte inseparável do nosso meio. Alguns, contudo, ousaram ir além. V...
“Helter Skelter”: o culto às aparências é muito mais forte do que imaginamos
Ler

“Helter Skelter”: o culto às aparências é muito mais forte do que imaginamos

  Até onde você iria por uma aparência perfeita? Hoje em dia, é provável que a resposta seja "não muito longe". Poucas coisas são marcas mais fortes da nossa geração do que a crítica à beleza a todo custo. "Come as you are "tornou-se um lema para a form...
Os animes são uma mídia para adultos? (Parte 2)
Ler

Os animes são uma mídia para adultos? (Parte 2)

Na semana passada, eu me reuni ao Fábio Godoy do Anime 21, Diego Gonçalves do É Só Um Desenho e Vitor Seta do Otaku Pós-Moderno para responder a uma pergunta que todos já ouvimos diversas vezes. Os animes que tanto curtimos são, de fato, um entretenimento p...