Loading posts...
O final de ‘Charlotte’, ou quem tem medo de Jun Maeda?
Ler

O final de ‘Charlotte’, ou quem tem medo de Jun Maeda?

Dependendo da sua opinião sobre o último episódio de Charlotte, o que você deve estar sentindo pode não ser exatamente ‘medo’, mas alegria, raiva, ódio, confusão, deslumbre ou algum sentimento tão indescritível quanto os enredos  do roteirista. Para que...
Entrevista: como ‘Attack on Titan’ expandiu as fronteiras do mangá
Ler

Entrevista: como ‘Attack on Titan’ expandiu as fronteiras do mangá

No mês passado, dois executivos da Kodansha, Kohei Furukawa e Hiroaki Morita, vieram aos Estados Unidos para conversar sobre mangás, o futuro dos quadrinhos com as mídias digitais e o sucesso de produções japonesas em solos ocidentais. Em especial, citaram ...
Shigeru Mizuki: O soldado que inventou o mangá moderno
Ler

Shigeru Mizuki: O soldado que inventou o mangá moderno

Quando pensamos em "pai do mangá", o primeiro nome que vem à cabeça é quase sempre Osamu Tezuka. Entre seu pioneirismo em praticamente todos os gêneros, a influência de seu trabalho nos filmes da Disney e as inúmeras graphic novels premiadas, é impossível olha...
Antes de ‘Perfect Blue’: os mangás esquecidos de Satoshi Kon
Ler

Antes de ‘Perfect Blue’: os mangás esquecidos de Satoshi Kon

Satoshi Kon, morto aos 46 anos em 2010, foi um dos maiores nomes da animação japonesa. Mais do que qualquer outro diretor, ele conseguiu traduzir às telonas a vibe histérica e surrealista de autores como Haruki Murakami e de movimentos como o Superflat. Seus ...
“Cultura otaku” é cultura japonesa?
Ler

“Cultura otaku” é cultura japonesa?

Para nós, do outro lado do mundo, essa pergunta soa estranha. O Guia da Cultura Japonesa carrega uma seção inteira sobre o assunto (algo de se esperar, já que é publicado pela JBC). No bairro da Liberdade em São Paulo mangás e merchandise otaku dividem espaço ...
‘Zero Eterno’: Eram os kamikaze terroristas?
Ler

‘Zero Eterno’: Eram os kamikaze terroristas?

Convenções de anime têm muito atrativos, mas poucos, na minha opinião, são tão legais quanto varar um estande de sebo ou livraria de mangás e achar algo que não sabia que existia. Nesse ano, o “achado” foi Eien no Zero, ou Zero Eterno, uma minissérie bonitona ...
É possível ser “velho demais” para ir a convenções?
Ler

É possível ser “velho demais” para ir a convenções?

Resposta curta: óbvio que não. Em um evento público, a entrada é liberada, e todos serão bem-vindos. Jovens de perucas coloridas e props gigantes de MDF são as últimas pessoas do mundo a julgar as outras pelas aparências. Resposta longa: como todos que já est...
Um Ano “sem”  Studio Ghibli: O que Miyazaki e Companhia nos Deixaram
Ler

Um Ano “sem” Studio Ghibli: O que Miyazaki e Companhia nos Deixaram

O aviso foi feito em 2014: o Studio Ghibli não faria novos filmes, ao menos por um tempo. O fã de longa data, que escuta Miyazaki anunciar a aposentadoria desde 1997, deve ter ficado incrédulo. Porém, um ano depois, parece que seu produtor, Toshio Suzuki, fala...
O monstro dentro de cada um de nós
Ler

O monstro dentro de cada um de nós

Aquele que luta contra monstros deve ter cautela para que ele também não se transforme em um monstro. A frase é de Nietzsche, embora tenha se popularizado (um tiquinho modificada) na voz de Idris Elba no filme Pacific Rim. No que diz respeito aos nossos m...
Uma História do Cosplay: Parte 2
Ler

Uma História do Cosplay: Parte 2

Este post é a segunda parte de uma série. Para ler a primeira parte, clique aqui. Encontrar a origem do cosplay no ocidente é mais difícil do que parece. Como disse na semana passada, a maioria dos pioneiros não têm noção de que estão criando uma moda que vin...