Loading posts...
Os animes e a juventude: voltar ao passado é mesmo a coisa certa?
Ler

Os animes e a juventude: voltar ao passado é mesmo a coisa certa?

Quando eu estava no ensino médio, um amigo meu de infância cometeu suicídio. Não qualquer amigo, mas um dedo-e-unha, daqueles que já eram “da casa”, sabiam o nome dos meus avós e conheciam cada cartucho na minha biblioteca do N64. Fui comunicado enquanto...
Profissionais do Cosplay: Kayo Corner
Ler

Profissionais do Cosplay: Kayo Corner

No mundo nerd, poucos hobbies são tão icônicos quanto o cosplay. Seja em convenções, flash mobs ou mesmo trailers de games, a arte de mimetizar aparências e interpretar personagens se tornou parte inseparável do nosso meio. Alguns, contudo, ousaram ir além. V...
“Helter Skelter”: o culto às aparências é muito mais forte do que imaginamos
Ler

“Helter Skelter”: o culto às aparências é muito mais forte do que imaginamos

  Até onde você iria por uma aparência perfeita? Hoje em dia, é provável que a resposta seja "não muito longe". Poucas coisas são marcas mais fortes da nossa geração do que a crítica à beleza a todo custo. "Come as you are "tornou-se um lema para a form...
Por dentro do “Fausto” de “Madoka”
Ler

Por dentro do “Fausto” de “Madoka”

É fato conhecido entre fãs de Madoka que o mahou shoujo de Gen Urobochi foi inspirado em Fausto. A homenagem é frequentemente comentada em resenhas do anime, como nessa ou nessa. Não que a produção da SHAFT tenha feito muitos esforços para esconder o tribut...
“Koe no Katachi”: um novo olhar sobre o bullying
Ler

“Koe no Katachi”: um novo olhar sobre o bullying

Quem acompanha a cena de mangás já deve ter ouvido falar de uma pequena pérola que tem ganhado os holofotes nos últimos tempos. Koe no Katachi, conhecido em inglês como A Silent Voice, é um dos destaques mais badalados de memória recente. Originalmente um...
“The Gods Lie.”: Os adultos ausentes dos mangás (e por que funcionam tão bem)
Ler

“The Gods Lie.”: Os adultos ausentes dos mangás (e por que funcionam tão bem)

Dia das mães. Não há ocasião melhor para relembrar os percalços e emoções de nossa vida familiar - ou das de nossas personagens favoritas. Claro, os dramas que gostamos de ler ou assistir costumam ser bem diferentes dos que desejamos para nós mesmos. Como d...
‘Kokosake’: o amargo alívio do escapismo
Ler

‘Kokosake’: o amargo alívio do escapismo

Uma garota vê o pai sair de um castelo ao lado de uma mulher. Ela transborda de alegria. O seu pai era um príncipe e estava escoltando uma donzela. Justo como ela suspeitava desde pequena! Animada, resolve compartilhar as novas durante o jantar. Se ela não ...
‘Joker Game’: lutando a guerra perdida no Japão dos anos 1930
Ler

‘Joker Game’: lutando a guerra perdida no Japão dos anos 1930

Em 1937, os japoneses montaram uma assalto contra Shanghai, na China. Sem explosivos, três soldados encheram um bambu com pólvora, acenderam um pavio e o jogaram próximo ao acampamento inimigo. Infelizmente, eles calcularam mal o raio de detonação, e a “bomba...
Inio Asano e a “voz” da nossa geração
Ler

Inio Asano e a “voz” da nossa geração

Estaria a juventude sem rumo? Essa é uma daquelas perguntas que custam a ficar velhas (com o perdão do trocadilho). Já faz mais de 25 anos que Mundo Fantasma sugeriu a mesma coisa. De lá para cá, não parecemos estar mais certos. Ou menos perdidos. No univers...
O fascínio dos animes com a magia ocidental
Ler

O fascínio dos animes com a magia ocidental

  Quem tem o hábito de acompanhar mangás e animes já deve ter reparado que esse meio tem um pé no esotérico. Ao lado de mechas, uniformes escolares e doces baratos – muitas vezes, ao mesmo tempo – a cultura pop japonesa parece ter uma queda por magia e o...