Café com Anime: “Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen” episódio 19

Bem vindo ao Café com Anime, sua dose semanal de bom papo e animação japonesa!

Nessa temporada, o Finisgeekis, Anime21, Dissidência Pop e É Só um Desenho discutem Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen.

Quem adivinhava que o décimo nono episódio carregava uma bomba desse tamanho? Certamente eu não. O que podia ser uma ação beneficente qualquer descobre um twist capaz de virar todo o universo CLAMP. Confiram abaixo!

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Não é fácil (nem, necessariamente, sensato) fazer um episódio que diz tanto e tão pouco ao mesmo tempo. Ver Sakura e seus amigos na caridade do Yukito, no slice of life mais doce até esse ponto do anime, foi uma surpresa depois do episódio agitado da semana passada. Vê-lo se encerrar com uma das revelações mais bombásticas do  cour foi uma surpresa maior ainda.

Há episódios que me agradam e aqueles que me deixam querendo mais. Geralmente, eles não andam de mãos dadas, mas esse foi uma exceção. Meu Deus, como eu quero que a semana que vem chegue!

diego gonçalvesDiego

Por um momento, eu achei que o episódio de hoje seria praticamente filler. Um muito bom, diga-se de passagem, e muito gostoso de assistir, mas ainda assim algo que não se ligue à trama principal. E nisso temos essa revelação final de que a magia da Sakura já avançou a um nível absurdamente alto. Me faz pensar no poder que essa menina terá quando for mais velha.

cat ultharGato de Ulthar

Uma revelação bombástica neste episódio, mesmo que no fim das contas nós já imaginássemos o poder grandioso da Sakura. Só me espantou ela ter conseguido utilizar a carta que grava para filmar do passado. Como será que o Kero ligou os pontos? Este efeito poderia ter sido fruto da própria carta. Então, a Sakura é capaz de “turbinar” os poderes das cartas sem se dar conta disso. Interessante episódio, gostei.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Ok, a surpresa no final com o Kero ficando tão chocado que tem que ir naquele exato momento conversar com o Yue e a decisão rápida e unânime deles de que agora é a hora de entrar em contato com o Eriol fizeram o episódio valer a pena.

Não que eu não tenha gostado da calmaria do resto do episódio, é só que, bom, foi só legal. E bom, talvez o final tenha sido tão surpreendente justamente porque o resto do episódio foi tão calmo.

Eu fiquei o tempo todo esperando dar ruim, e na verdade estava dando ruim ali em segundo plano e a Sakura nem tava sabendo.

Então a Sakura já está na mesma ordem de poder (não necessariamente tanto poder quanto, mas joga na mesma liga, por assim dizer) que o Mago Clow, o lendário? Ela é só uma menina! Que espécie de consequências isso pode trazer para a Sakura? Quão útil isso pode ser para Akiho, Momo e Kaito?

Quanto ao poder, acho que não houve nada de extraordinário não. Digo, no que diz respeito à carta. Aquele é um uso possível dela, um que exige do mago que possua muita energia, e a Sakura possui muita energia. Na verdade tanta energia que usa as cartas incólume.

Eu sei que não são cartas, mas são itens mágicos da mesma forma e devem funcionar de forma similar, mas o Shoran quando usa as coisas legais que ele cria fica bastante cansado. Concedo que talvez sejam “menos perfeitos” que as cartas, por várias razões, mas penso que o funcionamento básico é o mesmo: magia é usada para criar, magia é usada para ativar.

As cartas estão entre os itens mágicos mais poderosos desse mundo, provavelmente, e a Sakura não só domou as que o Mago Clow criou (o que o Shoran já conseguiu fazer também) como criou as suas próprias. E agora está criando cartas novas de novo. Haja energia. Essa menina toma muito Nescau.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

É o que dá ter uma dieta balanceada e cozinhar em casa, com ingredientes frescos :stuck_out_tongue_closed_eyes:

Sim, eu também curti o contraste. E acho que a parte da calmaria foi palatável por ser diferente dos fillers com que estamos acostumados. Ao contrário do episódio do home theatre da Tomoyo, este me pareceu um dos mais autenticamente “anos 1990” até agora. É o tipo de episódio de enchimento que eu esperaria da série original.

Vejam por exemplo essa cena, em que Sakura chama o Shoran para participar da leitura. É tudo o que esperávamos da personagem: uma garota que já se sente confortável com seu amor para pedir a companhia de seu querido.

Ou então essa cena, em que tivemos o retorno das irmãs do Shoran. São coisas pequenas, irrelevantes ao grande plano das coisas, mas que preencher estas personagens com carne e osso. Nós saímos de um episódio desses sabendo mais sobre quem são nossos heróis.

Sobre as irmãs especificamente, eu não imaginava vê-las de novo depois de sua palhinha em Sakura em Hong Kong. Tampouco me lembrava que elas eram tão lindas. O Shoran é um rapaz de sorte…:heart_eyes:

cat ultharGato de Ulthar

Dá até para fazer um doujin shota.... O que eu estou pensando!!

Que a Sakura é tão ou mais forte que o mago Clow, o próprio Eriol admitiu no final do anime Clássico. Contudo, o que impede a Sakura de utilizar todo o seu potencial é o seu desleixo pela magia. Ela definitivamente não é uma maga, apenas utiliza os itens que ela forçadamente tem que usar e transformar (cartas).

Ela não dá a mínima para o seu poder. Se fosse alguém com o mínimo de ego desenvolvido e um tiquinho de ambição, usaria esse poder para muitas coisas.

Mas a Sakura é a Sakura, ela só quer levar uma vida normal.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Eu fico me perguntando se não é isso, afinal de contas, que a protegeu do pior. E que permitiu, em última análise, que ela chegasse a esse ponto.

Em Tsubasa Chronicles e xxxHolic, ouvimos muito da Yuuko sobre como tudo tem seu preço. Aqueles que mais desejam são os que mais sacrificam. E o preço do sacrifício geralmente não é claro no momento do contrato.

Clear Card pode não seguir o cânone, mas essa é uma filosofia que está presente em várias obras da CLAMP. E acho interessante como a Sakura é uma das heroínas que pensa mais “pequeno” de toda a companhia. Talvez, justamente, por ser aquela que menos tem problemas.

cat ultharGato de Ulthar

E até é bom que a Sakura seja assim. Parando para pensar, o mago Clow levava uma vida muito problemática. Por ser tão poderoso, e estar tão consciente de suas capacidades, o que ele pensava se tornava real.

Tanto é que ele foi responsável por todos os problemas de Tsubasa RESERVoir CHRoNiCLE e xxxHolic somente por desejar certas coisas proibidas. Além disso, como ele podia tudo e conseguia tudo, sua vida havia se tornado um completo marasmo, e ele estava afundado no tédio profundo.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Nós lemos muito em mahou shoujo sobre meninas que querem transformar o mundo em um lugar melhor. Se pararmos para pensar, a Sakura só quer manter o status quo. Ela já tem uma vida perfeita – perfeita demais até, segundo seus críticos. Para alguém como ela, imitar o Clow é supérfluo.

Ela é a pessoa ideal para exercer o poder de mudar a realidade, pois é alguém que nunca, em sã consciência o usaria para virar as mesas do universo.

Não é a mensagem mais revolucionária que existe, mas cai muito bem à fábula de responsabilidade e amadurecimento que Sakura vem construindo.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Eu pensava que era um problema a Sakura ter se tornado tão poderosa ainda criança, mas depois de tudo o que vocês escreveram talvez seja o exato oposto.

Por ser criança, ela nunca teve grandes ambições, portanto nunca teve grandes tentações. Ao mesmo tempo, até para seus desejos pequenos de uma pessoa pequena, por ela ainda estar aprendendo a viver nesse mundo, ela nunca considerou resolver as coisas do jeito fácil, com mágica.

A diferença entre seus guardiões, o grave Yue e o brincalhão Kero, que também se torna grave quando em sua forma transformada, espelha a diferença entre a vida despreocupada de uma criança normal e a responsabilidade de uma das mais poderosas (talvez a mais poderosa) magas do mundo.

Se me permitem comparar com a, er… referência pós-moderna em garotas mágicas, coisa parecida pode ser dita em Madoka Magica, mas a realidade lá não foi tão legal com sua protagonista: incapaz de manter essa dicotomia em uma pessoa só, Madoka teve que abrir mão de sua própria existência.(editado)

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Eu pensei numa referência mais “clássica”: o portador do Anel na obra de Tolkien. Os hobbits são mais indicados para a tarefa porque pensam pequeno e têm pouca ambição. Dê o Um Anel a um humano, no entanto, e veja só o que acontece.

buniiito4Fábio “Mexicano”

É verdade, e isso é muito mais reforçado nos livros do que no filme. A coisa é brava mesmo.

diego gonçalvesDiego

Acho que nessas horas faz falta não lembrar de praticamente nada do anime original :stuck_out_tongue: Não tenho realmente o que acrescentar, mas é de fato uma faceta interessante da própria Sakura esse descaso para com seu próprio poder.

Pessoalmente falando é algo que me soa um tanto quanto inverossímil: que criança não adoraria ter poderes mágicos?! Mas acho que faz parte da suspensão de descrença, e não é nem de longe a coisa mais inverossímil do anime (esse título vai para a Tomoyo, que deve ser mais rica que o Batman e o Homem de Ferro juntos, porque olha…:stuck_out_tongue: )

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Poxa, isso faz me sentir mal pelo que ia perguntar agora… :stuck_out_tongue: Como vocês viram, no próximo episódio Sakura e Shoran visitarão o avô da Sakura. Aqueles que viram o anime original devem se lembrar da figura. Foi um episódio sem capturas, mas que nos mostrou mais do passado da sua família (especificamente, da relação entre a Nadeshiko e o Fujitaka) que qualquer outro no anime.

Pelo visto, não só Clear Card pretende escavar esse passado, como nos traz Nadeshiko como criança, escancarando as semelhanças dela com a Akiho.

Acho que podemos estar diante de um momento pivotal na série. Sobretudo porque o próprio Shoran estará presente.

O que vocês acham?

cat ultharGato de Ulthar

Só eu não vou com a cara do avô dela? Ele tratou a Sakura super bem no anime clássico, mas não foi capaz de revelar que era seu avô.

Mas respondendo a pergunta, pode ser que esse flashback, mostrando a mãe da Sakura nova, propicie uma maneira de ligar os pontos com a própria Akiho, visto as duas serem muito parecidas para o meu gosto.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Sei lá, há tanto sangue ruim nessa família que eu não o culpo o avô. Lembremos que o Fujitaka traçou a Nadeshiko quando ainda era uma estudante. Não deve ter sido uma união abençoada, se vocês me entendem.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Talvez seja o momento em que a Sakura irá “descobrir” (perceber) quem ou o quê a Akiho é.

Ou vai ver a mãe da Sakura é retconada e ela também passa a ser meio-guardiã …:stuck_out_tongue:

diego gonçalvesDiego

Eu nem tinha reparado que era a mãe da Sakura ai, quando vi o preview. Mas é interessante. Dito isso, não acho que a Sakura irá notar. Talvez note que a mãe se parece com a Akiho, mas só. A garota é meio lerdinha, afinal :stuck_out_tongue:

buniiito4Fábio “Mexicano”

Olha, talvez a gravação do passado não tenha sido só um indício do poder da Sakura, mas um presságio do que irá acontecer literalmente. Com essa magia, a Sakura pode testemunhar momentos de sua mãe quando ela tinha a sua idade. E se isso acontecer, talvez os paralelos com a Akiho se tornem óbvios demais para ela continuar ignorando.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Já imaginou? Esqueça os paralelos com a Akiho. Imagina só o que isso trará de luz aos conflitos da sua família!

É… de uma forma ou de outra, muitas coisas nos esperam nesse próximo episódio. Clear Card começou lento, mas ah se esse segundo cour não está compensando por tudo.

E com isso ficamos por aqui. Até a semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *