Café com Anime: “Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen” episódio 15

 

Bem vindo ao Café com Anime, sua dose semanal de bom papo e animação japonesa!

Nessa temporada, o Finisgeekis, Anime21, Dissidência Pop e É Só um Desenho discutem Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen.

E o décimo quinto episódio nos trouxe… não muita coisa? É, parece que estamos diante de nosso primeiro episódio irremediavelmente filler. Por que raios animes fazem isso? Venha desabafar com a gente.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Eu tenho uma leitura da Tomoyo que é um tanto impopular.

Eu sei que é canônico que ela gosta da Sakura e yada yada yada. Mas, para mim, aquilo não é amor de verdade. Eu vejo Tomoyo como uma narcisista. Ela gosta de gostar da Sakura e de modelá-la ao posto de ídola.

Pior: não é sequer um narcisismo seu, mas um que herdou de sua mãe. De tanto crescer com uma louca milionária obcecada pela Nadeshiko, ela achou legal ter uma Nadeshiko para chamar de sua.

Por mais que eu saiba que seja errado, eu nunca vi minha leitura mais representada que nesse episódio. Porque deixar uma pessoa que você “ama” nessa situação:

É tudo menos “amor”.

OK, sei que foi uma nota estranha para começar essa discussão. Mas é que realmente senti que não havia mais muito o que ver nesse episódio.

Pela primeira vez desde o início de Clear Card, senti que tivemos um episódio que foi, do começo ao fim, um filler.

É birra minha, ou você sentiram isso também?

cat ultharGato de Ulthar

Bom, o episódio foi um grande nada? No máximo tivemos um gancho de uma captura para o próximo episódio.

Não direi que desgostei de rememorar momentos fofinhos entre a Sakura e o Shoran, mas focar o episódio inteiro nisso?

E sim, a Tomoyo é uma monomaníaca.

Nem tem muito o que comentar.

buniiito4Fábio “Mexicano”

EU TENHO QUE DISCORDAR

Eu não sei se esse episódio foi à toa. Creio que as duas falas enfatizadas da Sakura na peça serão relevantes no anime: “Seria melhor se ninguém possuísse esse poder”, e “Esqueça de mim”.

Quanto à Tomoyo, ah, bom, sempre foi mais ou menos assim que entendi também. Por isso ela não sente ciúme do Shoran, por exemplo.

Ao mesmo tempo, o mundo real é mais complexo e de situações assim podem nascer sentimentos verdadeiros, bem como sentimentos verdadeiros podem se tornar apenas fetiches narcisistas, enfim.

E é importante ainda mencionar que o anime, obviamente, exagera muito nas situações, frequentemente para efeito cômico. Imagino que tenha sido o caso do constrangimento da Sakura nesse episódio, mas me pareceu um pouco demais também.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Exagera mesmo, e eu tenho a impressão de que a Tomoyo, de todas as personagens, é a que mais foi flanderizada. Talvez porque, ao contrário dos outros, ela não teve um crescimento verdadeiro ao longo da série.

O Shoran passou de rival birrento a parceiro da Sakura. O Touya teve o lance com o Yukito e a Profa. Mizuki. O Yukito virou o Yue. Até a Sonomi e o Fujitaka se reconciliaram por causa do trauma da morte da Nadeshiko.

Mas a Tomoyo? Ela saiu do anime do mesmo jeito que entrou. E hoje é uma versão cosmaker do Batman, usando suas batcameras, batdrones e batgadgets para filmar a Sakura.

buniiito4Fábio “Mexicano”

É verdade. E olha que ela, como sendo a única pessoa sem magia e sem ligação com nenhuma família mágica, a mais totalmente outsider, e que no entanto sabe de tudo e está envolvida, tem um potencial interessante.

Talvez a ideia dela filmar, e consequentemente ser “stalker oficial” da Sakura tenha partido disso: um ponto de vista de alguém de fora literal. Mas há muito tempo já passou da conta.

diego gonçalvesDiego

Tanto passou da conta que o anime frequentemente esquece que a Tomoyo existe, né?

Já tivemos um bom número de capturas em que ela não estava presente… Dito isso, não tenho nada contra a personagem, e os exageros que ela proporciona costumam conseguir me arrancar umas risadas.

Agora, sobre o episódio em: eu gostei. Achei bem divertido de ver. Eu vou concordar que não tivemos lá muita coisa de relevante: tirando o final, o que o episódio trouxe de mais importante para o plot foi o fato de que o relógio na capa do livro da Akiho se mexe (e isso por algum motivo me fez lembrar do Relógio do Juízo Final) e que o Kaito aparentemente sabe muito bem que a Sakura é a Alice.

Mas tirando isso foi mesmo um episódio quase que inteiramente slice of life.

cat ultharGato de Ulthar

Eu gosto bastante da Tomoyo, a monomania me diverte bastante.

O problema é que tirando a fixação doentia pela Sakura, ela bastante madura, e além disso, não possui nenhum conflito relevante de verdade. Se o anime mostrasse alguma forma de ciúme dela em relação ao Shoran ou a Akiho, poderia apimentar as coisas. Mas na real, não sei se isso seria algo legal.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

O que mais me tirou do sério foi como o episódio subverteu nossas expectativas. Para o mal.

O que será isso? Uma poção mágica? Um novo sortilégio do Kaito?

Não, só um refresco da Tomoyo num copo da Imaginarium.

Uau, uma tomada da Carta Selada! Será que o anime ressuscitará algo de novo do filme?

Não, só um easter egg requentado de um episódio passado.

Ok, não foi desagradável de se ver porque Sakura nunca é desagradável. Mas está bem claro que Sakura tem descido com o freio de mão puxado e parece sem ideias para fillers.

Acho que é o preço a se pagar por ter mangá em andamento, não? Sobretudo uma obra que, ao contrário de outras adaptações recentes, não progrediu muito desde o lançamento.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Bem lembrado, o mangá ainda está em andamento e o ritmo do anime pode estar refletindo isso. Bom, pelo menos espero que o anime tenha um final, mesmo que não seja o mesmo do mangá. Seria muito frustrante depois de tudo terminar sem esclarecer nada.

diego gonçalvesDiego

Pior que eu nem sabia que o mangá estava em andamento. Jurava que já tinha acabado. É, vou ter de ecoar o Fábio aqui: espero que esse anime tenha um final, porque terminar com tudo em aberto seria uma pena.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Já que o episódio não nos deu muita carne para mastigar, vamos falar um pouco sobre isso?

Fillers têm uma reputação ruim nos animes, não sem motivo. Quando vocês acham que eles funcionam? Quando que eles mais irritam? Existe algum filler que te tenha tocado como surpreendentemente bom? Ou que tenha feito você virar a mesa de raiva?

buniiito4Fábio “Mexicano”

Eu gosto dos fillers de One Piece (quando eu assistia, isso foi há muito tempo), que são arcos completos, decentes, e que se encaixam de forma transparente na história. Também gosto de finais originais, porque não gosto de histórias sem fim.

cat ultharGato de Ulthar

Bom, a Meiling é um filler não é?

Foi a sua introdução no anime um mau negócio? Uma tentativa de dar mais conteúdo por falta do que adaptar?

diego gonçalvesDiego

No passado, fillers eram meio que um mal necessário, mas eu preferiria acreditar que ultrapassamos essa época.

Dito isso, ainda é possível termos fillers num sentido mais amplo da palavra, de qualquer episódio que acaba não ajudando em nada em termos de progressão de plot ou desenvolvimento das personagens – e nisso é difícil falar em filler bom.

Mas vou fazer coro com o Fábio e dizer que gostava de finais originais, simplesmente porque eu também acho um saco animes que acabam em aberto.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Sim, a Meiling é de fato um “filler”, como muita coisa do que o anime trouxe. Sakura é um caso especial nesse sentido. A própria CLAMP teve uma mão no roteiro e o transformou em algo muito maior, em alguns sentidos, que o próprio mangá.

Estou torcendo para que os fillers inevitáveis de Clear Card sigam nessa linha. Porque, no ritmo em que as coisas andam, parecem ser inevitáveis.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Isso era muito comum nos anos 1990 – personagens e arcos inteiros inventados só para anime.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Quem se lembra do arco dos aliens de Sailor Moon?

Bom, só nos resta esperar. Vamos ficar por aqui, pois logo mais sai novo episódio. Até mais!

2 comentários sobre “Café com Anime: “Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen” episódio 15”

  1. Eu gostei desse episódio…também não achei que tivesse algo de muito relevante para o desenrolar da trama..mas a meu ver foi bem divertido de acompanhar 🙂 adoro essa interação entre os personagens…especialmente a turma de Sakura. É muita fofura junta *-*
    Mas penso…será possível desvendar tudo em 20 e poucos episódios? Esse é o 15, então estamos mais da metade…(não sei ao certo)…quanto a Tomoyo…acho ela uma fofa…a adoração pela Sakura sempre foi exagerada, mas vá lá ^ eu acho okay! Sinceramente, eu achei exagerado é estranho a Sakura se contoncer toda de vergonha por causa do vídeo da peça o.o poxa, é só um vídeo…no instante cheguei a pensar que ela estava se sentindo mal mesmo ou sentindo a presença de alguma carta…achei um pouco estranho..mas no mais, gostei do episódio 🙂

    1. Pois é… essa é a minha grande questão também. Não acho que conseguirão resolver tudo até o final do anime.

      Será que teremos outra temporada? OVAs? Só o tempo dirá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *