Café com Anime: “Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen” episódio 5

Bem vindo ao Café com Anime, sua dose semanal de bom papo e animação japonesa!

Nessa temporada, o Finisgeekis, Anime21, Dissidência Pop e É Só um Desenho discutem Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen.

As cartas transparentes continuam a espreitar Tomoeda. Mas nem por isso Sakura deixará de curtir um dos melhores programas do ano: o hanami. Prepare seu bentô e embarque conosco nesse quinto episódio recheado de cerejeiras, trocadilhos e takoyaki deliciosos!

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Sakura, o anime, teve um grande diferencial. Seus fillers, talvez por causa da participação da CLAMP no roteiro, foram muito bons. Enquanto que contemporâneos como Sailor Moon usavam esse enchimento para distorcer arcos (às vezes, transformando personagens em caricaturas), Sakura se valia deles para deixar seus protagonistas mais humanos. Algumas das cenas mais marcantes do anime vieram justamente desses episódios.

Clear Card não está sendo diferente, embora pareça estar cumprindo sua tarefa bem demais. Com esse episódio, temos uma dose de pseudo-slice of life que dá a entender que é a vida pessoal da Sakura (e não suas aventuras mágicas) o verdadeiro foco desse anime.

Pessoalmente, estou gostando do que vejo, embora não possa deixar de notar essa peculiaridade. E vocês? O que acharam?

cat ultharGato de Ulthar

Não sei se esse novo anime está apresentando fillers ou apenas adaptando o mangá, mas estou gostando do resultado. Esse foi um episódio interessante, nada muito sério aconteceu nem grandes questões foram levantadas, mas é Sakura sendo Sakura, o que mostra que este lado “slice-of-life” está sendo muito bem trabalhado. Ver a Sakura preparando o almoço com seu pai, depois o próprio piquenique com os amigos é de se encher o coração.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Falando nessa cena com o pai, preciso chamar atenção a um detalhe muito pequeno, que eu mesmo não vi de pronto, mas tem circulado na internet. Reparem que a Sakura está de pé ao lado do banquinho que ela usava para alcançar a pia.

Foi um jeito super doce de mostrar que ela cresceu!

cat ultharGato de Ulthar

Pode-se falar qualquer coisa da CLAMP, mas ela não decepciona nos detalhes!

diego gonçalvesDiego

Eu gostei do episódio, mas ao mesmo tempo eu não sei se tenho muito o que falar a seu respeito. Temos um momento slice of life, seguido de uma captura da carta, e uma finalização também slice of life, bem a estrutura típica do anime, e nenhuma dessas partes foi particularmente complexa ou diferente. O que não é ruim, é gostoso de assistir, mas não algo que eu tenha muito o que dizer a respeito XD

Mas aponto dois detalhes: 1) a nova personagem falar que mora com alguém levanta toda sorte de sinais, e 2) os raios que a Sakura vê durante a captura da carta imediatamente me fizeram lembrar do Shoran. O garoto chegar após a captura é ainda outro sinal que reforça que talvez ele esteja mais por trás de tudo isso do que parece. Já pensaram se não seria o Shoran a figura encapuzada que sempre vemos?

buniiito4Fábio “Mexicano”

A única coisa que sabemos sobre a figura encapuzada até agora é que ela tem “a mesma altura da Sakura”. Acho que o Shoran é mais alto, mas não tenho certeza, o anime não ajuda muito a enxergar a altura relativa dos personagens.

Sobre o episódio ter sido slice of life, concordo, mas não foi nisso que eu reparei – mas sem dúvida foi só porque foi slice of life que eu pude reparar: é fácil esquecer, na maior parte do tempo, que esses personagens são crianças. A cena da Sakura cozinhando junto com o pai e a relação entre ela e seu irmão mais velho que se preocupa com a irmã e gosta dela mas não é cool falar essas coisas então mesmo quando está ajudando parece estar provocando (como quando ele dá dica de como fazer um onigiri mais macio) foi o ponto alto do episódio.

Totalmente slice of life, e deixando bem claro o quanto a Sakura é uma criança ainda – e, por consequência, todos os seus amigos de escola, da mesma faixa etária, também são. A justaposição dos dois momentos no mesmo episódio funcionou bem para não deixar dúvidas disso.

Me perturbou, contudo, que o anime tenha nesse contexto citado a Rika. Ora, então uma criança metida em relacionamento romântico com um adulto é mais “madura”, no sentido positivo da palavra? Não engulo isso não.

E só para amarrar tudo, voltando à altura dos personagens, crianças costumam ter a mesma altura, independente de sexo, até mais ou menos a idade em que eles estão, quando as garotas dão um estirão primeiro. Eu não me surpreenderia se a Sakura fosse mais alta que o Shoran, hoje, mesmo que eventualmente já tenha sido mais baixa no passado. É exatamente nessa idade que eles se encontram.

diego gonçalvesDiego

Acho que o “mesma altura” que a Sakura menciona não deve ser interpretado literalmente. Uns centímetros a mais ou a menos me parece aceitável:stuck_out_tongue:

buniiito4Fábio “Mexicano”

Naturalmente, é a percepção de altura da Sakura. E mesmo assim tudo o que eu disse ainda se aplica.

cat ultharGato de Ulthar

Também acho que mencionar a Rika foi um tiro no pé. Ela já foi jogada para escanteio, então que a tivessem mantido na geladeira! Está certo que ela não apareceu seriamente, foi apenas um telefone, mas vejo isso como um “olá pessoal, não esquecemos da Rika, viu?”

Quanto a Rika ser mais madura que todo mundo, ela já era assim desde sempre, se lembrarem do clássico, muitas vezes a Sakura pedia conselhos para ela. Tirando a Tomoyo, foi a Rika que mais auxiliou a Sakura. Mas eu também não concordo que a caracterizem como madura pelo simples fato de manter um relacionamento com um professor.

diego gonçalvesDiego

Acho que o caso da Rika seria mais o inverso. É porquê ela é mais madura que se interessou por alguém mais velho (mas não lembro de nada do anime antigo, então posso estar errado)

buniiito4Fábio “Mexicano”

Essa é a hipótese menos maligna.

 

cat ultharGato de Ulthar

Aluna interessada por professor vá lá, mas professor que deu resposta positiva ao interesse da aluna? Ainda mais quando a aluna estuda no fundamental? Se pelo menos fosse uma adolescente no ensino médio é algo mais comum e menos condenável.

O mais engraçado é que todo mundo levava esse relacionamento numa boa como se fosse a coisa mais normal do mundo:stuck_out_tongue:

As tiazinhas da CLAMP são muito safadinhas.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Os anos 1990 eram mágicos. O Japão continua a Terra do Nunca até hoje.

diego gonçalvesDiego

Poxa, mas relacionamentos entre um homem de uns 30 e uma menina de 10 são super comuns e saudáveis e nem é como se fosse ilegal né 😛

(Que porras as garotas da CLAMP estavam pensando?!)

cat ultharGato de Ulthar

Bom, mas estamos desvirtuando as coisas. O professor Terada está namorando a Rika, mas somente tocará no fruto quando ele estiver plenamente maduro, já que é um homem mui probo.

Mas não podemos esquecer de outro professor safadão, o pai da Sakura! Ele também seduziu uma menina, embora ela já estivesse no colegial. Quando se casaram ela tinha apenas 16 anos.

diego gonçalvesDiego

Como diz o ditado, idade é só um número e cadeia é só um quarto 😛 Mas bobagens de lado, qual carta foi buffada dessa vez? “Gravidade”, qual devia ser a original?

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Qual seria o original de Gravitation? A relação do Touya com o Yukito, claro.

Ok, piada ruim. Prometo que eu paro.

Já que estamos falando de cartas, deixe eu colocar uma coisa em que tenho pensado há alguns episódios. Com algumas exceções, a maior parte das cartas Clow eram criaturas antropomórficas. Em especial, mulheres. Isso caía muito bem com a história de que eram seres vivos e não só artefatos.

Já com as cartas transparentes, temos muitas que representam coisas, com designs bem mecânicos – no máximo, animais. Vocês acham que isso pode ter a ver com a suposta “ausência de magia” delas? Estaríamos lidando com cartas que são de fato apenas instrumentos, e não criaturas?

buniiito4Fábio “Mexicano”

Nem havia pensado nisso. Acho que as Cartas Clow originais serem antropomórficas é influência do tarô, no qual seus arcanos maiores, até mesmo os referentes a conceitos abstratos, são representados por seres humanos, com raras exceções (de cabeça, só consigo lembrar da Roda da Fortuna como exceção consistente em todas ou quase todas as versões de tarô que já vi).

Terem abandonado isso com as Clear Cards pode ser só escolha estética, mas pode sim ter algum significado.

cat ultharGato de Ulthar

Só um devaneio. No episódio passado o Eriol aparece jogando Tarot, mas será que é apenas Tarot? Ou ele pode ter criado cartas mágicas pra ele também. Eu penso que ideia de utilizar mais animais e objetos nos símbolos destas novas cartas ao invés de pessoas, seja um bom jeito de “romper” com as cartas tradicionais, para mostrar que realmente não são mais das mesmas. Mas claro, pode haver algo de simbólico nisso tudo.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

É uma coisa em que pensei também. Não acho que haverá todo um lore dump explicando a natureza das novas cartas. Mas parece ser um artifício estético bem forte a mostrar que estamos vendo algo diferente. Acho que a prova virá conforme observarmos a Sakura se relacionando com suas cartas.

Ela já mostrou ser capaz de “customizar” seus poderes, tal como fez com a carta Voar na série original. O Cerco, que parecia uma carta super inútil, agora consegue controlar sua flexibilidade e até ficar transparente. Se nada mais, é sinal de que nossa cardcaptor está melhorando!

cat ultharGato de Ulthar

Bem lembrado. Isso é uma coisa que me chama a atenção, a Sakura usa tão pouco as cartas, mas possui um conhecimento em como usá-las grandioso, como deixar a carta cerco mais flexível ou deixá-la transparente. Será que ela sabia que o cerco ficaria transparente, ou só foi uma tentativa bem sucedida?

buniiito4Fábio “Mexicano”

Só porque o Gato mencionou o Eriol, deixa eu falar uma coisa que me incomodou bastante (só na hora, depois esqueci), ainda que tenha sido algo minúsculo: o Kero falou nesse episódio sobre ter conversado com o Spinel.

Na verdade o Kero vive falando dele, quase todo episódio (ou todo?), em uma das cenas descontraídas dele com a Sakura, ele fala sobre o Spinel. Até aí tudo bem. Mas cada episódio ele fala uma coisa nova, e tudo isso é comunicação que ele teve com o Spinel antes do problema todo começar?

Porque desde que começou a Sakura não consegue falar com o Eriol – que mora com o Spinel. Isso é um grande motivo de angústia para ela. Nesse episódio, com a história do livro, fiquei com impressão que o Kero estivesse mesmo se referindo a comunicação recente – o que ou não deveria ser possível, ou é insensível com a Sakura ou é só um furo de roteiro mesmo.

Essa “rivalidade à distância com adversário incomunicável” está me dando nos nervos.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Jura que a Sakura não pode falar com o Eriol? Nem tinha reparado nisso. É, nesse caso acho que é furo de roteiro mesmo. Uma consequência dessa temporada ter muitos fillers e insistir em repetir as mesmas fórmulas em todos.

Algo próximo ao que aconteceu com a primeira temporada de Sailor Moon. O anime esticou tanto o primeiro arco da série que o Tuxedo Mask, de herói, ficou parecendo um filho da puta.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Ela tentou ligar para ele e não foi atendida. Um episódio depois mostrou que ele recebia as ligações mas não estava atendendo, e no anterior descobrimos que ele está usando o Shoran para saber sobre a Sakura.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Bom, a única hipótese que me vem à mente é que alguma força mágica esteja “grampeando” a ligação entre os dois. Não literalmente, claro, mas em termos de direção. Como se alguém tivesse posto um gatilho que será ativado sempre que os dois se comunicarem.

Nesse caso, falar com o Shoran ou com o Kero (via Spinel) pode ser a única possibilidade.

Falando em Eriol, outra coisa estranha. A Nakuro/Ruby Moon apareceu acamada nos episódios iniciais. Teria isso a ver com todo o rolo? Estariam os familiares do Eriol se enfraquecendo?

buniiito4Fábio “Mexicano”

Que eu tenha entendido (agora quero saber de todo mundo, talvez eu esteja ficando louco), o Eriol é que está evitando a Sakura. Não tem magia nenhuma impedindo ele de atendê-la.

diego gonçalvesDiego

De fato, tudo indica que o Eriol só não está a fim de falar com a Sakura porque “não é a hora ainda”. Mesmo porque, se fosse algo como o Vinicius mencionou, era só ele pedir para o Shoran explicar a situação para a Sakura, ao invés de mandar o moleque não abrir o bico. Mas pior de tudo nessa situação é a própria Sakura não ter se tocado que podia só interromper a conversa do Kero com o Spinel para pedir que o Eriol aparecesse rs.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Então, não vi o Kero falando com o Spinel, mas ele fala que o Spinel isso e o Spinel aquilo o tempo todo, fico muito com a impressão que eles estão se conversando todo dia, e isso é bizarro quando penso na situação da Sakura.

cat ultharGato de Ulthar

A Sakura é tão ingênua ao ponto de acreditar que o Eriol sempre está tão ocupado que não pode falar com ela,

diego gonçalvesDiego

Ou talvez secretamente ela tenha sacado que está sendo ignorada porque ainda “não é o momento certo” e confia que o Eriol entrará em contato quando for?

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Convenhamos, a Sakura nunca foi muito inteligente. Mas, para dizer que não estamos implicando com ela, vamos implicar com outra personagem. Que tal a Akiho?

Ok, achei muito fofinha aquela palhinha que ela fez para a Tomoyo no final do episódio. Um bom foreshadow de que ela entrará no clube de música no próximo episódio (bom e desnecessário, pois temos a prévia). Mas não pude deixar de pensar que toda a cena foi meio arbitrária. A Chiharu pedindo “música, maestro” me soou como meus amigos pedindo para eu tocar violino numa cervejada depois da quinta caneca.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Eu tenho a impressão que esse tipo de coisa idiota que adolescentes (e eles estão quase lá, né?) pedem. Se você por qualquer razão estiver com seu violino no meio de um bando de moleques de 18 anos (mas podem ser as crianças de 12 de Sakura também), vão te pedir pra tocar.

Quando ao foreshadow, não o achei desnecessário. Prévia é prévia e tem sua função, mas a história ainda acontece de verdade é nos 20 e tantos minutos entre a abertura e o encerramento.

cat ultharGato de Ulthar

A Akiho entrando no clube do coral reforça a minha ideia de que eventualmente a relação dela acarretá ciúmes em Tomoyo. Está certo que a Tomoyo é uma menina madura, mas ela é humana, e ver a pessoa que ela gosta tendo uma nova grande amiga que possui os mesmos talentos dela pode acarretar alguns sentimentos negativos.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Isso seria uma inversão bem interessante da relação das duas até então. A Tomoyo sempre foi a mais possessiva. Uma característica, talvez, que herdou de sua mãe, igualmente fissurada pela mãe da Sakura.

Não me lembro de ter visto a Sakura particularmente enciumada em relação a alguém anteriormente. Mesmo no breve triângulo amoroso entre ela, Yukito e Shoran foram os outros que a viram como rival. Se a aparição da Akiho inverter as bolas, será o diferencial que a nova série tanto merece.(editado)

buniiito4Fábio “Mexicano”

Eu acho que o Gato quis dizer o contrário, a Tomoyo ficar com ciúmes, mas suponho que seja possível o inverso também – e mais interessante, de fato.

cat ultharGato de Ulthar

Ah sim, me referia ao fato da Tomoyo sentir ciúmes. Mesmo que ela nutra sentimentos além da amizade pela Sakura, a própria questão da amizade é suficiente para enciumar muito uma pessoa.

diego gonçalvesDiego

Francamente falando, não acho que o anime irá por essa rota. Simplesmente não parece combinar com o “tom” que a obra estabeleceu até aqui. Não que eu vá reclamar se rolar, desde que bem trabalhado pode dar um desenvolvimento bem legal pra relação da Sakura com a Tomoyo. Mas sou cético de que o anime irá por esse caminho rs.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Olhem só! Há gente reclamando na internet que esse episódio não trouxe nada de interessante. E vejam só quanto conversamos!

Para finalizar, quais são suas expectativas para o próximo capítulo? Preveem alguma coisa específica?

cat ultharGato de Ulthar

Difícil dizer, o mais apropriado seria imaginar que a Sakura irá capturar mais uma carta ou duas, o que é quase óbvio :). Prevejo também o Shaoran chegando depois que a Sakura já capturou a carta. A Sakura sonhando com o ser encapuzado. Bem, coisas assim, ainda é cedo para uma reviravolta ou a prova final dela.

Os que reclamam que o anime não apresentou nada se dividem em dois grupos, o que não viram a série clássica e por isso não entende o que é Cardcaptor Sakura, e os que mesmo vendo a série clássica queriam uma reviravolta na história, algo como um malfadado e pseudogênero “seinen psicológico”.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Bom, se eles esperavam ver uma Sakura adulta coberta de sangue, matando monstros com uma magnum em uma distopia inspirada em Mad Max, estão assistindo à série errada. Esta já existe: chama-se Tsubasa Chronicles: Tokyo Revelations.

cat ultharGato de Ulthar

Foi o que pensei, e olha que eu adorei Tokyo Revelations, para mim valeu toda a Franquia do Tsubasa Chronicles só por estes ovas.

Mas Sakura é Sakura, um “slice-of-life” com magia voltado para o público infanto-juvenil.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Acho que o próximo episódio será o que começaremos a descobrir mais sobre a Akiho. E Tsubasa é ruim, depois de tanta enrolação, tanta promessa, terminar daquele jeito foi frustrante. Alguns arcos são bons.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Foi mesmo, e compartilho da frustração. É por isso que minha impressão final da série é amarga, a despeito de algumas jóias (como Tokyo Revelations).

cat ultharGato de Ulthar

Foi justamente o que eu disse, o arco de Tokyo Revelations é uma joia perdida. Há outros arcos bons nesta parte de Tsubasa, como o do passado do Faye e o arco do jogo de xadrez humano, onde o Shoran enfrenta a androide de Angelic Layer.

No geral eu gostei de Tsubasa, mesmo tendo momentos muito pouco inspirados, como o final. Mas é muito melhor que o anime. Os fillers que enfiaram para completar o anime foram horríveis, pior do que qualquer coisa que o mangá tenha feito de ruim.

Sem falar que Tokyo Revelations tem uma das melhores aberturas que eu já vi, e o mesmo vale para o encerramento, impossível não se emocionar com Saigo no Kajitsu na voz da Maaya Sakamoto.

Mas certamente Sakura não irá por esta linha.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Maaya Sakamoko.:heart: Sem dúvida uma das melhores seyuus na indústria. E essa música, em particular, é uma das melhores de seu repertório.

Será que a parceria Tomoyo/Akiho no clube de música nos trará insert songs igualmente inspirados? Estou na torcida. Um abraço a todos e até lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *