Café com Anime: “Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen” episódio 3

Bem vindo ao Café com Anime, sua dose semanal de bom papo e animação japonesa!

Nessa temporada, o Finisgeekis, Anime21, Dissidência Pop e É Só um Desenho discutem Cardcaptor Sakura: Clear Card Hen.

Depois de um reencontro merecido com todos os seus colegas, Sakura mostra que não é estranha à ação, num dos episódios mais eletrizantes da série. Só não se esqueçam do guarda-chuva, pois o terceiro episódio de Clear Card é de uma fúria diluviana!

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Uau! Se o episódio passado foi quase um slice of life, esse nos jogou direto na ação. Ouvindo minhas queixas de que Sakura não experimentava as novas cartas, a cardcaptor fez bem uso das duas, em uma das cenas de captura mais acrobáticas até agora. (Como é bom ser animadora de torcida, hein?)

Mas isso não foi tudo, pois Sakura ainda pegou uma segunda carta, que mostra que ela não tem lá uma boa memória No episódio 50, Sakura, Shoran e as Linhas Invisíveis, ela já tinha descoberto que a água poderia ser usada para revelar presenças inimigas. Vai ver o Kero tem razão, Sakura! Você esquece das coisas de vez em quanto!

Mais importante, tivemos a primeira grande revelação do mistério da temporada. Para a surpresa de ninguém, a nova menina do opening parece estar por trás da aparição encapuzada em seus sonhos.

Quem poderia advinhar? Afinal, não é como se isso não tivesse acontecido antes.

cat ultharGato de Ulthar

Episódio bem dinâmico, gostei dele. E uma coisa que ficou clara, o Syaoran está escondendo algo! O que era só uma suspeita no episódio passado criou muito mais força neste terceiro episódio. Provavelmente ele sabe o que está acontecendo com a Sakura, mas por algum motivo não pode revelar ainda. Não penso que ele esteja fazendo por mal, longe disso. É fácil perceber que ele se preocupa com ela, mas que está “amarrado” por forças ocultas.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

O Shoran aparecendo do nada assim que ela pega as cartas (duas vezes, ainda por cima!) parece o Peter Parker se trocando correndo para não descobrirem que é o Homem-Aranha! Concordo, acho que ele está escondendo algo.

Engraçado que, de todas as pessoas, a Sakura resolveu confiar no YUE! Justo o cara que lhe era mais malvado!

buniiito4Fábio “Mexicano”

Sobre a Sakura ter “esquecido” o evento do episódio anterior, acho que é só mais um sinal de que Clear Card segue a linha do mangá mesmo, não do anime.

De longe a maior demonstração de poder da Sakura nesse episódio foi ter subido correndo pela rampa de um escorregador em uma chuva torrencial. Aquilo foi mais do que magia!

E acabo de confirmar aqui o trocadilho infame do episódio: no meio da chuva, usando uma fantasia de sapo, a Sakura invoca o poder da carta Ventania (Gale), que ela chama pelo nome em inglês mesmo, japonizado: Gāru (ガール). Que é muito próximo, em pronúncia, a Gero (げろ), a onomatopeia japonesa para o barulho que sapos fazem.

diego gonçalvesDiego

Nunca que eu ia fazer essa relação, Fábio kkkkk Mas tem lá seu sentido, parando pra pensar. Mas falando do episódio em si, gostei bastante.

Em especial, lembram como estávamos falando no episódio passado de porquê a Sakura precisa “enfraquecer” as cartas? Bom, esse me pareceu dar bem a resposta: não é bem “enfraquecer” tanto quanto é “encontrar o corpo verdadeiro da carta”.

Se o anime antigo tocou nisso eu sinceramente não me lembro, mas acho que essa nova temporada já fez um ótimo trabalho de sanar – apenas visualmente, vale apontar ainda – essa minha dúvida rsrs

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

O anime original era bem ambivalente nesse sentido. De cabeça, lembro da primeira carta pega pela Sakura (Voar) que nunca escondeu a sua forma. Ela só foi capturada depois de ser aprisionada pela carta Vento.

Acredito que isso pode ter relação com o próprio folclore que inspirou o anime. Várias lendas sobre criaturas e entes mágicos são na verdade testes para o protagonista. Isto casa com a própria proposta do anime, de servir de metáfora ao crescimento pessoal da Sakura.

O fantasma, por exemplo, é “derrotado” quando descobrimos que é só um lençol ao vento.

Há também a questão dos nomes próprios, que pode ser vista em diferentes folclores. Quem chama a pessoa pelo seu nome real exerce poder sobre ela. O caso mais conhecido é o do Rumpelstiltskin.

Como o Gato lembrou na última discussão, as Cartas Clow são uma mistura de magia ocidental e oriental. As cartas em si são bem diferentes, tanto em poder quanto em personalidade e não necessariamente agem da mesma forma. Não é absurdo que algumas se “vendam” por pouco e outras lutem a ferro e fogo.

cat ultharGato de Ulthar

Tanto é que algumas já aceitaram a Sakura como mestra por livre e espontânea vontade.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Existe uma questão “física”: o número de episódios é limitado, algumas cartas precisam se jogar no colo da Sakura pra essa parte do anime passar logo.

Mesmo com capturas mais “trabalhosas”, deram um jeito (um bom jeito) de encaixar duas cartas em um episódio só. Estão bem conscientes disso.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Já que o Fábio falou de pragmatismo, deixe eu chutar o grande vespeiro que vem me atormentando há algum tempo.

Como todos vocês sabem, a CLAMP continuou o “legado” de Sakura nas suas duas grandes séries dos anos 2000, xxxHolic e Tsubasa Chronicles. Esses mangás não só deram uma continuação à CCS, como trouxeram todo um multiverso para o mundo da CLAMP. Um multiverso, diga-se de passagem, cujos méritos são bem disputados. Muitos (inclusive eu) acham que ele é obtuso e repetitivo demais e acabou acrescentando pouco às séries que chupinhou.

Mas eis que nos vemos em uma situação delicada: finalmente, temos uma sequel “oficial” de Sakura. E a pergunta precisa ser feita: será que a CLAMP aproveitará alguma coisa desse multiverso “tsubasesco”? Vocês gostariam que isso acontecesse?

buniiito4Fábio “Mexicano”

Eu acredito que Sakura irá ignorar o Multiverso CLAMP. Por falta de tempo também, mas não só por isso. Clear Card é uma celebração, é um presente para os antigos fãs de Sakura. Ainda que seja também um caça-níqueis para as donas da marca.

Dito isso, não tenho nada contra o multiverso em si, gosto da ideia. Só não gosto de como foi executada, especialmente o final de Tsubasa.

diego gonçalvesDiego

Eu não sei absolutamente nada do multiverso CLAMP, nunca tendo lido nem xxxHolic nem Tsubasa. Então… hum… acho que preferiria que não tocassem nele mesmo, já que com certeza seriam referências que eu não ia entender kkkkkkkk

Mas do ponto de vista narrativo, acho difícil executar algo assim de forma coerente. Vocês mesmos falaram que Clear Card estaria numa espécie de “meio termo” temporal, entre o mangá original e o início desses mangás que abordam o multiverso, não? Sendo assim, acho que tentar encaixar algo do segundo aqui poderia dar muita confusão em termos de cânone e de continuidade.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Eu advogo que não é meio termo nenhum: é 100% mangá. Não conheço o anime antigo para dizer com absoluta convicção que estou correto, porém.

diego gonçalvesDiego

“Meio termo” no sentido de estar no meio dos dois. Como se a cronologia fosse Sakura -> Clear Card -> Holic/Tsubasa rsrs

buniiito4Fábio “Mexicano”

Tsubasa está mais para mundo paralelo, mas sim, ele sugere que a história principal ocorre depois. Mas começa antes, muito antes.

cat ultharGato de Ulthar

Também não acho que haverá qualquer aprofundamento na questão do Multiverso, isso estragaria a obra, com o pouco tempo que possui. É somente um “revival” da série clássica, não um shounen de ação como Tsubasa, ou um josei misterioso como xxxHolic.

Eu particularmente gosto do multiverso que a CLAMP criou, mas admito que é extremamente confuso, com filhos iguais aos pais, clones, clones dos clones, clones dos filhos, clones dos originais, clones dos filhos dos clones, filhos dos clones do filho dos clones, etc.

No final de Tsubasa tive que procurar um guia na internet para entender a cronologia. Assim, eu gosto da temática e da mistureba, mas a execução ficou deixando a desejar.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Tsubasa/xxxHolic têm uma posição complicada no repertório da CLAMP, sobretudo por ter sido o maior (e mais longevo) exemplo da nova direção artística que a CLAMP tomou nos anos 2000. Particularmente, não vejo nada errada com o traço, mas há quem insista de pés juntos que esses não são a Sakura e o Shoran com que cresceram.

(E nem vou falar no Watanuki e seus braços de espaguete)

Acho que concordo com o Fábio e o Gato que não veremos alusão nenhuma a essa série em Clear Card. A série parece estar se esforçando para não fazer crossovers nenhum – o que chega a ser estranho para obras da CLAMP, que sempre foram recheadas de crossovers mesmo antes da era Tsubasa.

Agora, a pergunta que não quer calar: se não deremos Clow, Fei Wang, Yuuko nem todo o seu elenco, quem vocês acham que é a misteriosa aluna que acaba de dar as caras?

Outra descendente do Clow, como o Shoran? Uma rival do mago? Alguém não-relacionado, com poder para sentir (e predar) pessoas com poderes mágicos? Uma outra reincarnação do velho mago (será que elas não acabam?!)?

cat ultharGato de Ulthar

O Syaoran travestido?

Mas bem, ainda é cedo pra dizer que a pessoa misteriosa e a aluna nova serão as mesmas pessoas. Não duvido que o ser misterioso possa ser o próprio Syaoran.

Quanto a aluna, bem, são muitas as possibilidades.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Será que o flashback da peça de Romeu e Julieta foi uma dica do que está por vir? Gato, Gato, você tem uma astúcia felina!

cat ultharGato de Ulthar

Claro que pensei nisso quando fiz meu comentário! (será mesmo?) Mas eu lembro que quando a Sakura se aproximou do ser encapuzado no sonho, ela se surpreendeu com quem viu lá. Além do Syaoran pode ser um clone da própria Sakura! Depois que escrevi isso que percebi que seria muito Tsubasa para ser verdade.

diego gonçalvesDiego

Considerando que eu não lembro de praticamente nada do anime antigo, eu realmente não tenho nenhuma teoria A princípio eu não descartava que fossem realmente seguir o caminho do filme da Carta Selada e fazer do novo vilão uma outra carta, mas agora já deu pra ver que não é bem por ai.

buniiito4Fábio “Mexicano”

Acho que ela se impressionou por ter visto alguém jovem, não por ter reconhecido. Ela disse depois que aquela pessoa tem “a mesma altura que ela”.

booker finisgeekis 1Vinicius Marino

Bom, acho que não demos escolha senão descobrirmos por conta própria então. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *